Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

ROTEIRO DE ATIVIDADES DE HISTÓRIA E ARTE 8º E 9 º ANO

HISTÓRIA

Habilidade(s) da BNCC: (EF09HI36) Identificar e discutir as diversidades identitárias e seus significados históricos no início do século XXI, combatendo qualquer forma de preconceito e violência.

Antes de tudo, vamos refletir pouco : Será que existe racismo em outros países?

Leia o texto abaixo e em seu caderno faça um resumo do texto:

Direitos civis: boicote do ônibus em Montgomery Em 1 de dezembro de 1955, durante o horário de pico da tarde, na cidade de Montgomery, no Alabama, uma mulher de 42 anos sentou-se num dos assentos do ônibus que usava de seu trabalho para casa. Antes dela chegar no seu destino, o motorista instrui-lhe de que deveria escolher um assento mais para o fundo do ônibus. Ela se negou. A prisão de Rosa Parks, uma afro americana, que violou uma lei municipal de segregação dentro dos ônibus traria consequências a longo prazo. Os dez primeiros assentos do ônibus eram reservados para passageiros brancos, e estavam fora das possibilidades dos afro americanos utilizarem em Montgomery. Não sentando nos dez primeiros lugares, a Senhora Rosa Parks sentou logo atrás desses assentos. Quando o ônibus ficou lotado, o motorista mandou ela e mais três passageiros sentados nessa fileira, todos afro americanos, desocupar estes lugares para cedê-los a passageiros brancos. Os outros três passageiros obedeceram, mas a senhora Parks permaneceu sentada no mesmo lugar em que estava, afirmando de que não estava ocupando um assento reservado para brancos. O motorista acreditava de que possuía autoridade para mover essa linha que definia os lugares dos passageiros brancos e dos negros. Quando a senhora Parks se recusou a mudar de lugar, ele chamou a polícia para prendê-la. A senhora Parks foi fichada, teve suas impressões digitais colhidas e encarcerada temporariamente. O relatório da polícia diz que ela foi acusada de “não obedecer as ordens do motorista”. Sua prisão se tornou um motivo para a comunidade de afro americanos organizar um boicote ao uso do ônibus em protesto à discriminação que eles vinham sofrendo há anos. Com vinte e seis anos de idade, emerge como líder ao boicote pacífico Martin Luther King, que durou trezentos e oitenta e um dias e chamou a atenção de todo o mundo. Condenada pela lei municipal, a senhora Parks através do seu advogado interpôs um recurso de apelação junto ao Tribunal de Apelações do Estado do Alabama. Com o caso de Rosa Parks preso no sistema estatal, uma comissão de três juízes do Tribunal Distrital dos Estados Unidos decidiu em um caso parecido, chamado Browder versus Gayle, que a segregação racial de ônibus públicos era inconstitucional. Decidida em 4 de junho de 1956, a Suprema Corte dos Estados Unidos confirmou rapidamente o então veredicto de Browder contra Gayle em 13 de novembro de 1956. NATIONAL ARCHIVES. Direitos Civis: Boicote ao ônibus de Montgomery. Disponível em Acesso em 19 out. 2018.

ARTE

Vídeo: Olhos Coloridos

Autor: Macau

Os meus olhos coloridos                            

Me fazem refletir

Eu estou sempre na minha

E não posso mais fugir…

Meu cabelo enrolado

Todos querem imitar

Eles estão baratinado

Também querem enrolar…

Você ri da minha roupa

Você ri do meu cabelo

Você ri da minha pele

Você ri do meu sorriso…

A verdade é que você

(Todo brasileiro tem!)

Tem sangue crioulo

Tem cabelo duro

Sarará, sarará

Sarará, sarará

Sarará crioulo…

Sarará crioulo

Sarará crioulo…

Os meus olhos coloridos

Me fazem refletir

Que eu tô sempre na minha

Não! Não!

Não posso mais fugir

Não posso mais!

Não posso mais!

Não posso mais!

Não posso mais!

Meu cabelo enrolado

Todos querem imitar

Eles estão baratinados

Também querem enrolar…

Cê ri! Cê ri! Cê ri!

Cê ri! Cê ri!

Cê ri da minha roupa

Cê ri do meu cabelo

Cê ri da minha pele

Cê ri do meu sorriso…

Mas verdade é que você

(Todo brasileiro tem!)

Tem sangue crioulo

Tem cabelo duro

Sarará, sarará

Sarará, sarará

Sarará crioulo…

Sarará crioulo

CÓPIAR   E RESPONDER AS QUESTÕES NO CADERNO OU CADERNO DE DESENHO

  1. MOMENTO: RODA DA CONVERSA

 Interpretação da letra:

  • Nos trechos: “A verdade é que você / (Todo brasileiro tem!) / Tem sangue crioulo / Tem cabelo duro / Sarará, sarará / Sarará, sarará / Sarará crioulo…”; que crítica a autora faz?
  •  Por que esta música é considerada um hino do povo brasileiro?
  • O que você entende por “Os meus olhos coloridos / Me fazem refletir”? Explique.
  • Qual reflexão ou pensamento essa música nos sugere?
  • O que o autor da música quer dizer sobre os versos da 3ª estrofe?
  • Que reflexão histórica podemos tirar desta música?
  1. MOMENTO:  NASCIMENTDO DA MÚSICA

Uma das canções mais conhecidas da música brasileira, “Olhos coloridos”, que ficou célebre na voz de Sandra de Sá no começo dos anos 1980, é fruto de uma experiência pela qual muitos negros brasileiros ainda sofrem: o racismo. Macau, autor da música, a compôs na década de 1970, após ser preso injustamente pela Polícia Militar do Rio de Janeiro em uma exposição de escolas públicas no Estádio de Remo da Lagoa. A canção é considerada um símbolo do orgulho negro no Brasil.

Macau era então morador da Cruzada São Sebastião, no Leblon, na Zona Sul do Rio, onde muitos moradores tinham origem na Favela da Praia do Pinto, na mesma região, que foi destruída por um incêndio em 1969. Como o álbum que havia gravado com os amigos não foi bem nas vendas e não foi bem divulgado, Macau entrou em depressão. Na tentativa de animá-lo, um amigo o levou para ver uma exposição escolar no Estádio de Remo da Lagoa.

Com roupas simples e cabelo black, foi interpelado por um policial militar e convidado a passar por uma averiguação. Dentro de uma sala, foi ofendido por um sargento. “Ele me levou para um escritório. E tinha um sargento, baixinho, que quando eu cheguei ele ficou rindo e disse: ‘eu estou vendo você lá de baixo, você não é fácil, hein? Você ri demais, fala demais’”, conta Macau.

As ofensas continuaram e se estenderam ao cabelo, a roupa que ele vestia e ao local onde ele morava, quando Macau alegou, em sua defesa, que era morador da região.

“Ele disse: ‘Você mora naquela lama ali, cheia de bandido’. Eu disse que bandido não, ali não tem bandido. Eles são moradores da Cruzada São Sebastião. E ele: ‘É isso mesmo. Tudo pobre, tudo favelado, essa coisa toda, tudo negro’. Eu disse que ele estava com preconceito, com discriminação. E falei ‘O sangue que corre na sua veia, corre na minha veia também. É vermelho. Você está com preconceito’,” relata o compositor.

Nascimento da canção

Diante do mar do Leblon, Macau chorou e, colocando as ideias em ordem, compôs a letra que se tornou um desabafo. “Eu comecei a olhar o mar e veio, de uma forma única, o texto dos ‘Olhos coloridos’. Eu comecei a chorar, veio na minha mente todo esse texto. Eu corri para casa, peguei o violão e comecei a tocar a canção”, conta o cantor.

Macau ao lado de Sandra de Sá, a intérprete que ajudou a fazer de Olhos coloridos um sucesso (Foto: Macau/ Arquivo pessoal)A música foi gravada por Macau em uma fita em 74, mas ficou desconhecida até chegar às mãos de Sandra de Sá, por meio de um produtor. Em 1982, ela gravou “Olhos Coloridos”, que estourou nas rádios.

“Não é à toa que ela é chamada de rainha da soul música brasileira. Ela tem raça. Toda vez que eu a escuto cantando a minha música, eu também fico emocionado. É sempre novo, é sempre uma luz”, elogia Macau, que acredita que a música não teria o mesmo peso se fosse gravada por ele.

  • MOMENTO: HÍSTÓRIA EM QUADRINHO
  • Leitura da canção: “ Olhos coloridos”
  • Escolher na canção, trechos que lhe chame mais atenção!
  • Em seguida transformar em uma HQ com oito quadrinhos.
  • Registrar no caderno de desenho.
Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: